Dicas de Bangokok, minha cidade preferida!

Ilustração do artista gráfico tailandês MARCHroom

Ilustração do artista gráfico tailandês MARCHroom

illo: https://www.facebook.com/marchroom.s

Bangkok é uma de minhas cidades favoritas do mundo. Já estive lá muitas vezes, por isso, hoje em dia, tenho meus cantinhos preferidos e programas que gosto de repetir. Mas a cada viagem, sempre procuro ver coisas novas, afinal, a cidade é inesgotável e está sempre se transformando.

(para mais dicas de viagem de Vicente Frare, editor da Pulp, clique AQUI.)

Passei a primeira semana de 2014 por lá e as dicas nova que trouxe são:

ISSAYA SIAMESE CLUB

O restaurante do famoso chef thai Ian Kittichai, com interpretações modernas de clássicos tailandeses. Fica em uma casa antiga, com um enorme jardim. Serviço impecável e comida de chorar de boa. Pedi o menu degustação e não me arrependi. Reserve.

parte interna do Issaya

parte interna do Issaya

EAT ME

Quando estive em Bangkok em 2013 não consegui jantar ali pois esqueci de fazer reserva. Quase chorei de tão triste. Mas dessa vez reservei por e-mail e consegui uma mesa na varanda. É simplesmente um dos restaurantes que mais gosto no mundo, de culinária internacional super bem preparada.

entrada do Eat Me!

entrada do Eat Me!

BAN KHUN MAE

Restaurante tailandês em Siam Square. Tem todos os pratos clássicos da Tailândia e é bem movimentado, por isso não precisa reservar, já que o giro é alto.

SALA RATTANAKOSIN

O novo hotel boutique com vista direta para o Wat Arun é show. Eu que gosto de Silom e de Siam acho a região um pouco fora de mão. Mas para quem vai visitar os templos e o Palácio Real, é ideal. Fui tomar um drinque no rooftop bar deles e deu vontade de ficar para o jantar. A vista é incrível e pelo que vi, os quartos também.

vista do rooftop bar do Sala Rattanakosin

vista do rooftop bar do Sala Rattanakosin

OR TOR KOR MARKET

É o mercado municipal de Bangkok, para quem está atrás de temperos, frutas, doces e descobertas. Tomei suco de Gac fruit e adorei. Diz ser super saudável. Tem uma praça de alimentação e fica do lado do CHATUCHAK WEEKEND MARKET.

Gac fruit do Or Tor Kor Market

Gac fruit do Or Tor Kor Market

SIAM CENTER

O shopping passou por uma boa reforma e hoje é o meu favorito na cidade. Tem todas as marcas locais descoladas como Greyhound, Chaps, Jaspal, CC, Anr e várias outras. A praça de alimentação é ótima, tem cafés espalhados pelos andares e uma loja linda, a Selected, com várias coisas bacanas, de roupas a objetos de decoração. Aproveitei e cortei o cabelo no salão do famoso Chalachol.

Moderno no útlimo! Siam Center!

Moderno no útlimo! Siam Center!

OCTAVE ROOFTOP

Para quem não está a fim de disputar a cotoveladas um espaço no Sky Bar da Lebua Tower, o Octave é uma boa dica, pois fica em Sukhumvit, longe do rio e com muito menos gente. A vista é incrível, melhor ainda durante o pôr do sol. Na verdade, a vista do Sky Bar é mais bacana e o lugar tem mais atmosfera. Mas os drinks e o serviço do Octave são melhores (além de ser bem mais barato).

Meu amigo Tom no Octave Rooftop (a dica do lugar foi dele).

Meu amigo Tom no Octave Rooftop (a dica do lugar foi dele).

THONGLOR

O Soi 55 de Sukhumvit é também chamado de Thonglor. A região é cheia de restaurantes e bares incríveis, ideal para fazer bar hopping antes de decidir onde jantar. Como havia bebido dois drinks no Octave e não estava com fome, só entrei nos bares para ver o ambiente e pegar os cartões de visita. Mas deveria ter deixado uma noite toda para a região, pois é sofisticada e relax ao mesmo tempo. Os lugares de que mais gostem foram:

WATER LIBRARY

THE IRON FAIRIES

MELLOW

APOTEKA

E tem mais:

Três restaurantes que estavam na minha lista, mas não tive tempo de ir são:

GAGGAN

NAHM

BO LAN

Cadastre-se no LE COOL Bangkok para receber, semanalmente, dicas ótimas de gente que vive na cidade e adora badalar. E eu sempre levo o SUPERGUIDE quando vou para lá.

Alguns cartões de visita que trouxe de lá.

Alguns cartões de visita que trouxe de lá.

Quanto ao hotel, repeti o Sofitel So, que adoro. Já havia escrito sobre ele no ano passado e continuo recomendando! Segue aqui o post sobre ele.

 

Anúncios

Sofitel So, um hotel incrível em Bangkok

Clique aqui para ver minhas dicas 2014 de Bangkok!

Gente, até hoje não sei direito como é a maneira certa de escrever o nome da capital da Tailândia em português. Às vezes vejo da forma inglesa Bangkok, às vezes somente Bancoc e em outras a forma bizarra (e talvez a única veramente correta) Banguecoque.

Só sei que passo por essa cidade incrível com certa frequência desde os meus 18 anos, ou seja, já são 20 anos de idas e vindas por lá. O bom é constatar que a cidade está cada vez melhor e o que mais me impressiona é a quantidade de bons hotéis disponíveis. Posso até estar exagerando, mas talvez Bangkok seja a cidade mais bem servida no planeta por hotéis 5 estrelas. E o bom é que a competição faz com que os preços sejam bem atraentes.

Se em Paris, Nova York ou Londres um mega-quarto em um hotelão de luxo não sai por menos de US$ 600, em Bangkok dá para regalar-se em mordomias por bem menos.

Fui para lá na primeira semana de janeiro e fiquei em dois novos hotéis, para ter bastante o que descobrir. Cheguei e fui para o Siam Kempinski, chamado de urban resort, por ficar em uma área bem reservada, mas no miolo da cidade, com acesso direto ao shopping Siam Paragon. Mas sobre ele eu escrevo outro dia, pois o hotel que realmente me chamou a atenção foi o Sofitel So, em frente ao Lumphini Park, no começo da avenida Sathon.

Eu acho que o Sofitel So é a resposta da Accor para os hotéis W, pois aposta num ambiente ultradescolado para hóspedes de uma faixa etária de 25 a 45 anos. Tudo é muito cool e inundado de detalhes. Chega até a cansar um pouco, pois como eu adoro anotar tudo e ver novidades, não conseguia desligar a cabeça para curtir o hotel. ;-)

ps: todo mundo que conheci em BKK me falou que o W de lá não é bom

Bem, são 4 tipos de apartamentos, conforme os 4 elementos da natureza. Você pode escolher entre água, madeira, metal ou terra. O fogo fica por conta de um restaurante todo vermelho. O prédio é novinho em folha, o lobby fica no 9 andar, com uma vista incrível do parque com o skyline modernoso de Bangkok. Eles oferecem um drink de boas vindas que vem em três pipetas que, quando misturadas, ficam de uma coloração violeta. Interessante.

A piscina é outro show, apesar de não bater sol nela em nenhum momento do dia. Mas mergulhar com o fundo infinito da cidade é bem bacana. O spa também é ótimo. Fiz uma massagem aiurvédica que me relaxou tanto que dormi 12 horas seguidas na cama do quarto, que parecia uma nuvem.

Na cobertura fica um bar, ideal para ver o pôr do sol e as luzes da cidade. Caso hospede-se em outro hotel, vá ao menos tomar um drink ali pois não é tão cheio e turístico quanto o Sirocco no LeBua Tower (onde filmaram o Se Beber Não Case 2) nem como no Banyan Tree (onde não dá para ir de short ou chinelo).

Gosto sempre de testar novos hotéis quando vou para Bangkok, mas o Sofitel So acho que vai dar para repetir.

fiquei num apartamento madeira com janelão para a cidade e uma cama que parecia uma nuvem.

fiquei num apartamento madeira com janelão para a cidade e uma cama que parecia uma nuvem.

Screen shot 2013-01-23 at 4.44.09 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.43.57 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.43.45 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.43.37 PM

Screen shot 2013-01-23 at 4.45.05 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.44.38 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.44.32 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.44.26 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.44.16 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.45.38 PM Screen shot 2013-01-23 at 4.45.14 PM

Pati na N. Magazine

A N Magazine (para quem não conhece) é uma revista para pais e mães muito descolada. A diagramação é linda. As matérias e as fotos são muito bacanas. Ela é uma versão brasileira da espanhola Naïf. Na edição de março, a família Papp ocupou várias páginas, contando um pouco sobre a viagem para a Tailândia.

Em Curitiba, ela pode ser encontrada na FNAC. Para saber os pontos de venda no Rio e em SP, basta entrar no site da revista.

Livros e viagens, uma combinação perfeita

A grande biblioteca do hotel, que fica ao lado do lobby

Foi logo após voltar da Tailândia, em uma viagem com seus filhos pequenos, que a Patricia resolveu escrever o livro Crianças a Bordo. O que ela queria é que várias outras mães que têm filhos e vontade de viajar deixassem de ser enroladas e colocassem o pé na estrada.

Um dos lugares por onde Pati & family passaram foi Koh Samui, no sul da Tailândia. E é lá que está o novo hotel The Library, que mistura design, spa e literatura. A inspiração principal do lugar são os livros e eles entram em vários detalhes da decoração. Que vontade de ficar jogado na frente do mar lendo um bom livro, não?

café da manhã de frente para o mar

detalhe no gramado