Hotéis muito #phynos

Hoje é a inauguração do Hotel Bulgari em Londres. A famosa joalheria empresta seu nome, que é sinônimo de luxo e elegância, para mais um empreendimento hoteleiro. Há outros dois, um em Milão e outro em Bali.

O hotel conta com 85 apartamentos, sendo 7 suítes e fica a poucos quarteirões da Harrods e do Royal Albert Hall, em Knightsbridge. Para quem não está disposto a gastar o equivalente a um anel de brilhantes com a hospedagem, uma passada no Il Bar já serve de inspiração na viagem.

Para os fãs de hotéis ligados a grandes nomes da moda, a lista fica cada vez mais interessante. Christian Lacroix assinou a decoração do novo Sofitel So, em Bangkok. Não vai tão longe assim? Em Paris ele foi responsável pela decoração do Le Petit Moulin, no Marais, e do Bellechasse, em Saint Germain des Prés.

Salvatore Ferragamo, dos maravilhosos sapatos, criou dois hotéis na Itália, um em Florença e outro em Roma, que fazem parte da rede Lungarno. E Giorgio Armani impressiona com o hotel no Burj Khalifa de Dubai e outro, recém-inaugurado, em Milão. Delícia viajar assim, né?

Anúncios
Miniguias da Pulp: Dicas rápidas de quem entende

Novos miniguias da Pulp: Dicas rápidas de quem entende

Miniguias da Pulp: Dicas rápidas de quem entende

A Pulp está com uma novidade incrível saindo do forno! São cinco miniguias superpráticos para você baixar no seu celular ou tablet. Os guias trazem dicas rápidas para curtir o melhor de cada destino, como restaurantes, hotéis, transporte, compras e 24 horas na cidade.

A coleção Miniguias da Pulp: Dicas rápidas de quem entende inclui Barcelona, Londres, Paris, Dubai e Istambul. Você pode comprar nas principais livrarias digitas, como a Curitiba, Travessa e Gato Sabido, e na LikeStore da Pulp no Facebook. Quer mais? Os miniguias custam só R$9,90.

Então é assim, vai viajar? Compre já o seu e na hora que precisar daquela dica esperta do lugar, só pegar o celular e conferir, rapidinho. Muito mais prático!

Dubai para crianças

Amanhã tem lançamento do livro Crianças a Bordo – como viajar com seus filhos sem enlouquecer. Vai ser das 10h30 às 18h na Bisbilhoteca, na Al Dr Carlos de Carvalho, 1166, na frente da sorveteria Freddo, na Praça Espanha | Soho Batel | Curitiba. Contamos com a sua presença. E para comemorar, o primeiro vídeo da série Crianças a Bordo com diversão para a família em Dubai.

As Maldivas, cada vez mais perto

A partir do dia 24 de junho de 2010 a premiada companhia aérea Qatar Airways passa a voar para o Brasil. É mais uma opção que dá fácil acesso ao Oriente Médio e Ásia, principalmente às Ilhas Maldivas. Espero que com a concorrência com a Emirates, os preços fiquem mais acessíveis.

A Qatar e a Emirates são as duas principais concorrentes no mercado de aviação de luxo e conforto. Mesmo a classe econômica das duas empresas é milhares de vezes melhor do que a das americanas e europeias. E o bacana é que a tripulação é sempre variada, com pessoas de diversos países.

A única diferença é que Doha, a capital do Catar, ainda é uma provinciana cidade, mesmo depois da abertura do Museu de Arte Islâmica, de I.M.Pei. Nada comparada com a glamurosa Dubai.

Confira as ofertas no www.qatarairways.com

A propósito, se estiver com planos de ir para Dubai, não deixe de ficar (ou tomar um drink) no Armani Hotel, que ocupa vários andares da torre Burj Khalifa. Já nas Maldivas, a nossa sugestão é o W Maldives. Veja o site e babe!!! www.whotels.com

At the top

Eu estive em Dubai há 4 anos. O prédio mais alto do mundo estava em construção, aliás como a cidade toda. Duas semanas atrás estive lá novamente, muitas das obras continuam sem terminar.  Os guindastes e os cones de sinalização continuam por todos os lados, mas o prédio mais alto do mundo está pronto.

O Burj Khalifa se chamava Burj Dubai até poucas semanas. Como Dubai está atravessando alguns problemas financeiros e precisou de uma ajudinha para terminar a obra, a torre foi rebatizada com o nome do financiador.

I’VE BEEN TO THE TOP

É possível subir até o 124º andar e a subida é uma experiência muito bacana. Na verdade, o prédio não está todo pronto, e a entrada é feita por dentro do Dubai Mall (o maior shopping do mundo). O passeio até lá em cima leva quase uma hora: pelo caminho diversas telas de plasma, projeções, música, luzes e mirantes. A subida do elevador leva menos de 1 minuto (é o elevador mais rápido do mundo).  Dentro dele, luzes, música e imagens vão ganhando velocidade até que as portas se abrem para uma vista incrível. A empresa que vende os ingressos e administra a loja e a subida se chama AT THE TOP.

Lá de cima é possível ver quase todas as grandes obras de Dubai: The Palm, Burj Al Arab e até o The World. A cidade parece um brinquedo que ainda está em contrução.

É possível reservar ingressos para a subida, mas ingressos com ágio são vendidos na bilheteria do shopping.

O mais alto prédio do mundo e a modelo local

Duas imagens de Dubai. Uma do Burj Dubai, que fica pronto finalmente em setembro. Tirei a foto com o prédio do hotel Dusit, de uma cadeia tailandesa. Ele tem a forma de duas mãos em prece budista.

A outra foto é da compania telefônica DU. A modelo tem bem cara de “local” apesar de eu achar que ela deve ser modelo brasileira.

img_1819

img_1741

De malas prontas outra vez

picture-15

Já que viajar é preciso, aproveitei os dias de folga do Carnaval para marcar uma viagem que preferi adiar por muito tempo. Dubai! Desde que saí de lá e voltei a morar no Brasil que eu não piso na Península Arábica. Sinto saudades da vida “fácil” e cheia de “mordomias” que eu tinha por lá. Por outro lado, sabia que quanto mais eu esperasse, mais diferente o lugar iria estar.

Então no final de semana eu embarco para Dubai. Vai ser interessante poder comparar o que o lugar era em 2003 quando eu cheguei, 2006 quando eu voltei para o Brasil e 2009, o presente. Estou curioso. Quando voltar quero fazer um post com as fotos e contar as histórias da viagem. Vou ficar na casa de vários amigos diferentes.

Maasalama!