Não há mangostin barato em Nova York

que delícia, mangostin!

Em 2011 eu fui ao supermercado vi mangostin para vender. Não se se escreve mangostin ou mangostim (vi até gente que escreve mangostão), mas só sei que a fruta é uma delícia. Gostei tanto que fiz um post aqui no site da Pulp e, pasmem, tornou-se um dos posts mais lidos. Daí resolvi ir atrás de mais informações sobre a tal fruta e vi o quanto ela é exótica, cara e super procurada no mundo todo.

Originária da Indonésia e Malásia, a fruta só nasce em climas tropicais. Aqui no Brasil, é em Una, na Bahia, que alguns agricultores descendentes de japoneses plantam cerca de 80% da produção nacional. Nos EUA, a fruta é super exótica pois há uma proibição do departamento de agricultura americano para a importação de mangostins, já que eles podem conter várias pragas. Por isso, muita gente importa ilegalmente através do Canadá (lá tem para vender pois as tais pragas não sobrevivem ao frio canadense, viu Luiza). Daí vem o título do post, já que o quilo do mangostim em Nova York é caro por ser meio que ilegal.

Estavam tentando produzir em Porto Rico, mas não sei se deu certo. Só sei que depois de tanto ler e escrever sobre a coisa, estou com desejo de tomar um suco de magostim bem gelado… mas acho que só vai rolar no Réveillon, pois vou para a Tailândia e lá tem! Depois conto para vocês!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s