Novidades nos aeroportos do Brasil

Gostaria de compartilhar algumas novidades que li ou experimentei nas últimas semanas:

• Quem está acostumado a fazer busca de preços de passagens internacionais baratas sempre partindo de GRU deve começar a pesquisar também de GIG. Já são várias as companhias aéreas que voam tanto para GRU quanto para GIG e tenho visto que muitas vezes saindo de GIG o preço fica de 200 a 300 dólares mais barato. A Air France, a KLM e a Emirates são algumas delas.

• A companhia aérea Etihad, baseada em Abu Dhabi, anunciou que voará para GRU a partir de junho de 2013. Sendo assim, as três famosas empresas do Oriente Médio marcaram presença por aqui. A Emirates já voa duas vezes por dia de Dubai para o Brasil (GIG e GRU). A Qatar voa diariamente para GRU e há boatos que em 2013 passará a operar GIG.

• A TAM passou a operar o Boeing 777 na rota GRU-MIA. Apesar da configuração na Classe Econômica ser 3-4-3 assentos (odeio ficar no meio) o avião é mais espaçoso do que o Airbus 330, principalmente no que diz respeito a compartimentos de bagagem de mão.

• A TAM também passa a operar a rota GIG-MCO (Orlando) em Novembro. Serão três voos diários diretos entre o Brasil e a cidade da Disney, dois de GRU e um de GIG.

• A American Airlines (companhia que eu detesto, mas novidade é novidade) inaugura um voo diurno de GRU para JFK para concorrer com o da TAM. A rota Salvador-Recife-Miami de divide em duas e haverá voos tanto de Salvador quanto de Recife para a Flórida. Lembrando que a AA também voa de Manaus, Belo Horizonte e Brasília para Miami direto (bem como a TAM).

• A Emirates e a Qantas passarão a operar as rotas para a Austrália em conjunto. A QF vai transferir seu centro de conexões de Singapura para Dubai. Acredito que assim que isso acontecer, passaremos a ter bilhetes do Brasil para a Austrália, via Dubai, com melhores preços. Se bem que nada bate em conforto o voo Buenos Aires – Sydney direto que a QF faz. Mas como em aviação nem sempre conforto é igual a preço bom, vamos fazer o caminho mais longo.

• Outra empresa que marca presença forte por aqui é a Copa Airlines, com base na Cidade do Panamá. Já viajei com eles várias vezes. Os aviões são um pouco pequenos e os assentos apertados. O serviço é médio e as refeições também. Mas sempre há ótimos preços, principalmente para a América Central, Caribe, México, Canadá e EUA. As conexões em PTY são geralmente rápidas e também dá para acumular milhas Fidelidade/Multiplus por fazer parte da Star Alliance. Porto Alegre, São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Recife e Manaus têm ligações diretas com a Copa.

• E por último, algo que não tem muito a ver com avião. Mas descobri que quem viaja para os EUA sem precisar de visto (passaportes europeus, por exemplo) tem que pagar pelo ESTA, que é a pré-autorização de entrada nos EUA. Antes era de graça. Só certifique-se que está preenchendo tudo no site oficial do governo americano. É bom imprimir o código de autorização de entrada, que tem validade de 2 anos. A cada ida aos EUA, é preciso preencher os dados no sistema antes do embarque. O bom é que não precisa mais preencher aquela ficha verde antes da imigração. Vai só com o passaporte e com o papelzinho azul da alfândega.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s